quarta-feira, 24 de junho de 2009

Tentando um brainstorm

Juntando tudo (que eu lembro) que conseguimos nessa história de Scion, temos:
- Uma rede de tráfico de Sangue de Gigantes comandada por (ao menos) um gigante do fogo e um gigante sado-masoquista que gosta de correntes;
- Alguns policiais usados como peões de um jogo de xadrez, facilitando as ações criminosas, utilizando até mesmo uma frequência de rádio exclusiva para se comunicar com os traficantes;
- O restante da corporação amedrontado com as mortes dos que se opuseram;
- Toque de recolher em NY durante a noite;
- Um atleta da faculdade viciado em Jotunblut;
- Principal centro do tráfico: Central Park, além de outros lugares que não me vêm à mente no momento.

Cursos de ação:
1- Decapitação, tentando ultrapassar o local mais e povoado de inimigos para chegar logo no cabeça (desaprovado por mim);
2- Desmembramento, acabando com os pontos de tráfico pra minar a rede;
3- Evisceramento, rastreando e eliminando as ferramentas usadas pelos traficantes, inclusive os policiais;
4- Desestabilização, isolando os consumidores e evitando o recrutamento de novos potenciais viciados.

Mais alguma coisa, alguma correção, comentem...

14 comentários:

Anão Picareta disse...

Muito bom meus parabéns, estão começando a organizar as ideias. Algumas das ideias parecem relamente boas, acho que voces estão se organizando bem... Já tem uma das ideias que daria certo, mas claro que não direi qual ;P! Boa sorte a todos os scions....

PS: ainda estou lendo o livro, após ler TODAS as dúvidas eu venho por aqui dar os esclarecimentos.

Pele-de-Escama disse...

Hugo, meu chapa, não sei se tu lembra da época do colégio mas eu sempre achei impressionante tua memória eidética. És o único cara que eu conheço com essa "vantagem"!

Brainstorm é uma expressão idiomática que nunca entendi direito. O que quer dizer mesmo? Ah, e as etapas de mutilação ficaram engraçadas!

Tu já reuniu praticamente todos os elementos importantes. Vou escrever aqui alguns detalhes que anotei que talvez possam ajudar.

1. No Central Park havia um punk usando celular, aparentemente reportando ao Creed. Pensei em abordá-lo e no mínimo furtar o aparelho, mas como o grupo estava dividido na ocasião, eu estava escondido em cima de uma árvore e havia cerca de outros 4 punks nas proximidades, preferi tentar apenas ouvir a conversa, sem sucesso. Perdi uma boa oportunidade de fazer algo heroico.

2. Num restaurante que fica do outro lado do Bronx trabalha um chinês que tem ligações com os traficantes de Jotunblut. A senha para que ele sinta-se mais a vontade para dar informações é "thrall". O que descobri é que a nova "droga" chegou a NY há 2 meses.

3. Joseph Climber, magnata do setor hoteleiro, ligou inúmeras vezes para Mohamed. Talvez ele tenha alguma relação com os gigantes.

4. John Bourne, o policial que Paul (Lucas) salvou talvez ainda esteja hospitalizado. Ele ainda é uma fonte preciosa de informações, principalmente sobre quais outros policiais podem estar envolvidos no esquema. Lembro que nosso grupo decidiu que protegeria a família dele.

5. Ainda podemos pegar os jornais de 2 meses para cá e memorizar os retratos falados dos criminosos que tem aterrorizado NY (como eu falei na sessão, se nos poucos minutos que Lucas, Tibúrcio e eu nos metemos em delitos as testemunhas conseguiram lembrar muito bem de nossos rostos, é claro que alguns dos criminosos também foram lembrados).

6. Podemos comprar/ furtar/ adquirir um sistema de rádio (amador ou não) e deixarmos alguém de prontidão ouvindo a frequência 25Hz para nos mantermos atualizados sobre as ações da polícia, principalmente as suspeitas.

Agora, quanto aos cursos de ação por ti sugeridos, opto em ordem de preferência por 3, 2, 4 e 1.

Mantenham contato, está muito legal esse debate. Sinceramente, acho que ganharemos muito tempo de jogo com isso.

En Taro Adun!

vei tiba disse...

Tb concordo que seja a ação 3,4,2,1 porém gostaria de tentar ganhar alguns policiais que não estejam corrompidos pelo junboth para nos ajudar a diminuir os vandalos(pancks) do CP, abraços

Meu Nome É Tonho disse...

Por partes:
1 - Como o personagem de Renato é um nerd recluso, eu faria ele ficar ouvindo a faixa da polícia 24 horas por dia esperando pistas. Caso vocês não lembrem, dei essa idéia faz tempo. Só que não é a cara do meu personagem.

2 - Aquele policial não sabe de nada, ele já teria dito. Porém, se alguém descobrir quem ele é, meu personagem faz questão de proteger a família do infeliz (possivelmente removendo eles da cidade até as coisas esfriarem).

3 - Alguém realmente precisa me explicar o que aconteceu nas sessões que perdi. Quem é Joseph Climber? Onde e porquê um policial foi decapitado?

4 - Estão nos planos do meu personagem virar o Batman. Se vocês quiserem ser o Robin, eu deixo. É só colocar a mão no meu bolso e pegar o bat-cilindro.

3 -

Pele-de-Escama disse...

Saudações cordiais, camaradas.

Lembro sim, Lucas, que você deu a ideia do rádio! Apenas listei aqui porque registrei em minhas anotações e os outros poderiam ter esquecido. E você estava na sessão em que o nome Joseph Climber apareceu (a última). Foi inclusive você quem deu este nome ao NPC, quando Diogo estava pensando num nome instantaneo para o cara que ligou várias vezes para Mohamed. Ele disse "Joseph..." e como não vinha nenhum sobrenome a mente, você completou com "Climber"!

A decapitação do policial foi na primeira sessão, durante uma invasão noturna à universidade por Jack Bouer. Neste dia você chegou ao Paço no fim da tarde, por isso não lembra.

Quanto ao quesito 4 ... Tô por fora do que tu quis dizer! Mas te parafraseando...

What the porra is ele talking about?

(ok, foi sem graça...)

Tudo de bom.

Renato Dantas disse...

Provavelmente não irei na próxima sessão =(

Anão Picareta disse...

como faremos nesse domingo caso realmente tenha greve de onibus até lá?

Hugo Leonardo disse...

Good question, Diogo... Mas duvido que ainda esteja sem ônibus daqui pro domingo...

By the way, que bom que meu primeiro post aqui foi bem recebido...

Brainstorm quer dizer exatamente isso, uma "tempestade cerebral", onde as cabeças pensantes se juntam em busca de uma idéia ou uma solução.

Eu também prefiro eviscerar a rede, tirando todas as tripas pra comer...

Anão Picareta disse...

kkkkk to vendo que já tem gente "digerindo" a forma de "viver" como um Descendente de um Deus....

;)

Meu Nome É Tonho disse...

Pele-de-Escama, tu que trabalha numa área parecida, sabes se vai ter greve mermo?

Pele-de-Escama disse...

Saudações cordiais, camaradas.

As negociações em relação aos metroviários (minha categoria) não avançaram. Dessa forma, os pelegos começaram a estilar e os trens vão parar 100% no final de semana (porque não há horário de pico sábado e domingo). Segunda-feira volta o esquema especial (trens circulando apenas nos horários de pico).

Quanto aos rodoviários, também foi criado um esquema especial e por isso durante todo o dia de hoje havia ônibus circulando. Como de costume, no início da manhã a frota era perto de 50% e com o passar das horas foi aumentando gradativamente, tanto que agora, 18h, está em torno de 90%.

Assim, por experiência, digo a vocês: no domingo haverá ônibus, com certeza. O único inconveniente que pode surgir é maior tempo de espera por eles nas paradas. Não se preocupem tanto: entre ônibus e metrô, a prioridade das negociações será com os ônibus, que carregam quase 6 vezes mais pessoas por dia. Porém não deixem de acompanhar os noticiários.

Adiantando, confirmo minha presença neste domingo 28. Quero muito jogar, mas entendo que para a grande maioria pode ser complicado chegar ao Paço e voltar pra casa. Apenas como recomendação aos que se propuserem a ir, saiam um pouco mais cedo de casa.

Aguardarei a confirmação de vocês.

Tudo de bom.

Meu Nome É Tonho disse...

Eu vou jogar. Se por algum acaso eu chegar lá domingo e não tiver mais ninguém, eu rolo uns d10 e suponho que meu personagem matou sozinho Creed e o Esquentadinho numa cena que rendeu a ele 20 pontos de lenda.

Depois continuamos desse ponto.

Pele-de-Escama disse...

Ok, atualizando a informação: a greve dos ônibus acabou. Neste momento estou conjurando Invocar Criaturas V para forçar todos do grupo a comparecem no domingo. Não há teste de resistência. Ponto.

Renato, como seria nosso último jogo antes de tua viagem gostaria muito que tu pudesse comparecer a sessão. Naturalmente teus motivos para talvez se ausentar não precisam ser explicitados. Se não for mesmo possível, pelo menos opine sobre o que devemos fazer com o teu personagem.

Tudo de bom.

P.S: Diogo, sem querer forçar a barra, concordou com as alterações propostas nas fichas (gasto dos pontos de experiência, cálculo dos DV)?

Anão Picareta disse...

Buenas tá tranquilo o gasto de pontos. O resto vou comentar em outro post.

Follow the New World Order

Follow the New World Order
Follow the New World Order