sábado, 11 de junho de 2011

Charles Bartholomew Bass




Charles Bartholomew Bass

Chamado: Rico e Mimado

Natureza: Sobrevivente

God: Odin

Panteão: Aesir

God: God of Assassins

Charles Bartholomew Bass, ou, como é chamado pelos amigos e como ele próprio se chama, Chuck Bass, é órfão de mãe e vive com seu pai adotivo, o bilionário Bart Bass. Dono da rede Palace Hotel. Quando Chuck fez 16 anos, seu pai casou-se com Lily Van der Woodsen, mãe de Serena e Eric. Chuck frequentou a escola St. Jude's School com seu melhor amigo Nate Archibald, sua paixão Blair Waldorf, e sua meia irmã Serena Van der Woodsen. Ele é considerado o maior bad boy de Upper East Side.

Biblioteca de Harvard, também conhecida como Rall Bass.

Aos 17 anos entra em Harvard para cursar Engenharia e Administração, pois seu pai adotivo fora patrono da Universidade desde que se formou lá. No seu quarto período entrou para a fraternidade αβπ, onde participou de jogos obscuros de poder. Lá conheceu o seu maior prazer, matar, em um dos jogos realizados pela fraternidade. Desde este dia passou a escolher vitimas para saciar sua sede de sangue. Suas vitimas são geralmente os corruptos sociais.

No seu oitavo período na H.U, se viu diante de um dilema, através de seus fieis seguranças descobriu o paradeiro de sua mãe. Indo a busca de sua mãe se decepciona com o que vê uma mulher fria e manipuladora. Retorna das férias frustrado, porém namorando com Blair. Chuck perde o estilo de vida que tinha, onde se interessava apenas por dinheiro, mulheres e sexo. As festas da fraternidade não eram mais as mesmas e os fraternos estavam a expulsar Chuck quando Blair o trai com o pé rapado do Dean o garoto tímido do Brooklyn. Com os cornos doidos se volta a sua antiga vida, a bebida torna-se sua maior companheira, o que lhe faz tropeçar em seus jogos de morte sendo quase pego por um passante.

Ao terminar seu curso seu pai (adotivo) morre e Chuck assume seus negócios. A fim de manter as aparências funda um Club Noturno (Desígnios Baccus) no subsolo do seu Hotel Impaire Rome. Desde sua volta a cidade Lily e Blair tenta conter seus exageros, já que estavam a influenciar nos negócios. Blair assume seu amor por Chuck, o que passa a amenizar seus vícios. Nos últimos meses o casal 20 da alta sociedade passa a ter altos e baixos, levando Chuck a arriscar-se cada vez mais, montou uma firma virtual para que passassem a contratar seus serviços, o que levou a esquecer o porquê começou a matar.

Atributos

For 3(1 Ep), Dex 4(1 Ep), Vg 4 (1Ep), Cha 3(1Ep), Manip 4(1Ep), Aparec 2, Percp 2, Intg 2, Wits 3(1Ep)

Habilidades

Acadêmicos 5(4 ptos de bns), Esportes 3, Prontidão 3, Briga 1, Comando 1, Controle 1, Fortitude 1, Integridade 1, Investigação 3, Larceny 1, Arms de Fogo 4 (2 ptos de bns), medicina 1, Melee 2, Política 2, Presença 1, Furtividade 3, Sobrevivência 1(dois pontos de bns).

Virtudes

Corragem 2,Resistencia 3,Vingança 3,Lealdade 1.

Força de Vontade 6

Andar 5, Correr 11, Jump 12/24

SOAK 5B/3L/1A

Armor 2B/2L – seria uma jaqueta aprova de balas com Klevar preta.

Combate

Dodge DV 6,Parry DV 6 e Join Battle 5

Lenda 2

Knacks

Salto sagrado, Oponente Intocável, Conversão de Dano, Charme, Ordem Declarada, Memória Perfeita e Investigador Imediato.

Boons

Magia 1 ( Fio de Ariadene), War 1 e Psycopomp 1

Weapons (as defesas usadas são o Dodge DV)

- Desert Eagle spd 3/acc 10+1/dmg 7L/ def 6/rng 50

- Faca spd4/acc 7+1/dmg 2L+1/def 6

- Glock spd 4/acc 9+1/dmg 3L /def 6

- Desarmado leve spd 5/acc 6+1/dmg 3C+1/def 7

- Desarmado pesado spd 5/acc 5+1/dmg 6C+1/ def 4

Relíquias (6 pts de bônus)

1. Seguidores 2 – Seus seguranças de confiança (5 seguranças)

2. Desert Eagle 5 – ( - 2 spd, +add percepção na acc, + lenda no Dano e psycopomp),

3. Jaqueta de Mootqueiro (brindada 3B/3L) 2 – war, add + na defesa.

4. Anel com uma pedra branca (runa que representa Odin) 1 - Magia

40 comentários:

vei tiba disse...

Qualquer duvidas Angelo é só postar
lol

Anão Picareta disse...

eu chuck bass não era um PC de Lucas????

vei tiba disse...

Sim, mais não como este, Lucas permição de usar o mesmo nome é que o historico antes de ser scion já tava pronto,kkkkkkkkkkkk
abraços

Meu Nome É Tonho disse...

Mmmm...

Asas de anjo? Gaaaaaaaay!

:)

Ei, e que Desert Eagle avacalhada do caramba!

Pele-de-Escama disse...

Hail, camarada Tibúrcio, bela postagem esta tua, está bastante completa. Espero não parecer rude em minha análise, já que verifiquei muitos pontos a serem comentados e modificados.

MAS ANTES DE QUALQUER COISA: IH, MERMÃO, SERÁ QUE TEREMOS DOIS PREDESTINADOS A DEUS DOS ASSASSINOS EM NOSSA MESA???

Vamos lá:

1. Peço perdão, foi falha minha, mas eu cogitei que não fosse haver necessidade de citar esta minha regra particular: é necessário que o personagem tenha pelo menos 3 dots no atributo que deseja ter Epic Attribute. Sendo assim, você precisará modificar os valores dos atributos Perception e Intelligence se desejar ter níveis épicos neles;

2. Academics não precisa ser específicada para cada área, como são Art, Craft e Science, por exemplo. Reveja esta Abilitie, e a partir daí contabilizarei os 30 pontos a serem distribuídos e a necessidade dos gastos que fez dos bonus points;

3. A que se referia quando escreveu "INTEGRIDADE" na parte das Virtudes?

4. A armadura que solicitou não será aceita. Apenas os cinco livros básicos servem de referência.

5. Considerando-se que optou por iniciar com Lenda permanente 2, o nível máximo que o personagem pode ter em Arete é 1;

6. Tatuagens não serão permitidas como Birthrights; Psychopomp não combina com uma pistola; Acrescentar a Lenda permanente ao dano não será possível;

7. Hermes não dá acesso aos Purviews War e Sky e portanto não será possível começar com Relics que os canalizem.

Por favor, não fique muito chateado por eu ter listado tantas coisas, mas era necessário. Lembre-se que você pode não aceitar meu ponto de vista e argumentar, como fez Lucas, o que trouxe ótimos resultandos no final.

Aguardarei as modificações e argumentos. Abraços.

Pele-de-Escama disse...

Na verdade, Tibúrcio, no quesito acrescentar Lenda permanente ao dano não haveria maiores complicações, só não seria aplicável como eu a entendi por tua descrição. Explica melhor tua intenção e eu te digo o custo (ou a possibilidade), o.k?

Acredito que o problema foi eu não ter entendido o que você quis dizer.

vei tiba disse...

Vamos lá:

1. Bem Ângelo eu pensei que mesmo que eu seja pouco apto neste quesito um ponto épico iria mostrar minha capacidade de superação quanto as dificuldades encontradas em ser uma pessoa popular e ter gosto por sangue, que isto ajudaria a compor a idéia de poder único. Mais se não pode blz;
2. Neste caso Angelo eu não estou a especificar Academics, peço desculpas mais não fui claro ai, a idéia é a seguinte, os cursos superiores lá nas áreas de tecnologia são considerados tecnólogos, ou seja, vê grande parte do superior que é visto aqui com ênfases distintas. Exemplo lá eu me formaria em Química pois foi no que ingressei porém como cursei a maior parte das cadeiras em toxicologia e produtos naturais o curso se torna Química Forense. Logo eu comprei em science Eng. Química 2 e Admistração 1 que complementaria o curso superior. A pergunta que deixei no ar foi se vc prefere que seja Academics 5 ou as divisões para conhecimento fica melhor? Na realidade estive a pensar e ele como assassino para não deixar rastros deveria ter focado o curso em Forense estou pensando em mudar para Química Forense, o que achas?;

3. Neste caso já corrigi era intelecto.

4. OK, pode ser um colete adaptado a uma jaqueta (é um colete disfarçado ele só usaria quando fosse matar um alvo para se algo der errado, este colete já existe faz tempo, como ele é bilionário, poderia comprar algo que não desse tanto na vista) 2B/2L ?

5. Vou corrigir erro meu.

6. Como estou a pensar que ele é filho do lado romano dos Deus do Dodekatheon, ou seja, quando todos os deuses estavam mais militarizados e com sede de sangue. Logo a arma seria uma matadora de monstros com um grande poder de impacto, psycopomp seria para agraciar sua vontade de matar ao poder encontrar suas vitimas em qualquer lugar e poder atravessar paredes.

7. Sei que Mercúrio não libera estes Purviews, mais devido a ele ter um filho que se mostrou superar suas dificuldades com a sua sede de sangue, problemas familiares e amorosos. É imprescindível para alcançar o titulo de deus dos assassinos ter war, porém ser filho de Ares não combina e como filho de Odin não dá já que vc vai usar exclusivamente hero para determinar o poder dos Deuses então Tb não dá. Seriam os dois panteões aos quais gostaria de jogar. Se vc usar os poderes dos Deuses do Ragnarock Odin tem war, neste caso se vc deixar irei usar a ficha da filha de Odin do livro se vc deixar claro.

Pele-de-Escama disse...

O.k.

Mais uma vez espero não parecer rude ou que estou malhando o cacete em você, amigo. É que às vezes meu jeito sério me deixa ameaçador, agressivo.

Veja bem, Tibúrcio, estou tentando entender o sentido e o Destino de teu personagem, bem como o encaixe das ideias como tu as concebeu para levá-lo a esse futuro, mas percebo que preciso mesmo demover algumas dúvidas.

Minha confusão foi tamanha que até deixei passar um detalhe importante e que você acabou lembrando: Scions sempre possuem características relacionadas aos Parentes Divinos. E das peculiaridade que Hermes possui não há nenhuma que esteja associada a geração de um assassino per si. Diferente de Ares, que você descartou (eu não entendi o porquê).

1. De qual fonte você tirou essa informação dos deuses romanos? Eu desconheço essa particularidade deles estarem mais militarizados e com sede de sangue. Se está se referindo à epoca da segunda guerra, houve um duplo equívoco, pois vocês terão nascido há no máximo 30 anos e o envolvimento dos gregos foi fruto de uma conspiração.

2. Como disse anteriormente, finja que não sabe da existência dos outros pantões apresentados nos livros. Como não sei de onde tirou o panteão romano, se quiser usar os gregos use os do Scion: Hero.

3. Amigo, em relação a Academics, mantenha simples. Se achas que todos os conhecimentos de Chuck podem ser reunidos com 5 dots em Academics, faça isso.

4. Quanto ao colete, poderia ser possível, mas como não haveria motivo para ele estar no avião usando o equipamento, e como você mesmo limitou sua utilização, ele não começará o jogo com a peça.

5. Concluindo, Hermes/Mercúrio não teria perfil para produzir uma arma matadora de monstros "com grande poder de impacto". Embora continue achando que Psychopomp não combina com uma pistola, eu aceitarei teu pedido. Já o incremento na velocidade e a adição de Perception são características aceitáveis.

Anão Picareta disse...

Angelo,

te respondi no tópico sobre o meu PC.


Sem querer me meter: Uma sugestão tiba (para ficar mais claro) especifica bem o que tu quer e o que tu vai usar para conseguir isso. Acho que vai ajudar muito.

Pele-de-Escama disse...

Lucas, no aguardo do conto de introdução à tua aventura/campanha de D&D 3.5. Vou adiantar meu personagem na próxima postagem e você avalia. Como de praxe, ele não será criado a partir de nenhuma fonte obscura e terá personalidade, não será uma "coisa" feita de pontos.

Anão Picareta disse...

Ué? Lucas vai mestrar D&D 3.5? Quando, onde, como, que nivel? KKK

Serio não estava sabendo disso. Mas como vai ser? Uma on-shot, aventura, campanha? Enfim se tiver vaga gostaria de jogar.

Pele-de-Escama disse...

Naturalmente, caro Diogo, você não haveria de saber. Decidimos isso ontem, Lucas entrará no rodízio de mestres.

Melhor aguardar que ele mesmo se manifeste sobre o assunto, mas será mais ou menos o seguinte: seremos mercenários com a missão de levar um príncipe elfo de volta ao seu reino. Essa viagem será realizada em boa parte pelo mar. Serão permitidos quase todos os livros "normais" de D&D 3.5. Isso exclui Races of Stone, Tormenta RPG, Eberron, Pathfinder e outras obras similares.

Anão Picareta disse...

AAAHHHHHHNNNNNN!!!!! Fulerage!!!

Tormenta, Pathfinder eu entendo, mas eberron e Races of Stone... fiquei triste :'(

Tô ligado que o 1º livro que Lucas proibiu foi esse... :(. Pena, mas tá tranquilo. Ansioso pela aventura de mariheiro ;)

Pele-de-Escama disse...

Ah, sim, Hugo, como disse ontem, eu sabia que ainda faltavam coisas a serem computadas no dano, só não conseguimos identificar o que naquele momento. Meu ranger tem como inimigo predileto humanóides (+4), então eu não teria causado "apenas" 100 pontos de dano à Nagah, e sim 116!!!

Caramba!

vei tiba disse...

Blz, Angelo não entendo como marcação não é que vc tem entender mesmo e como não estamos conversando ao vivo fica mais complicado, pois eu posso achar esta escrevendo claro e não estou, kkkkkkkkkkkkkkkkk, normal amigo são 9 anos pensando como cientista através do método fala claro mais não deixa claro, é confuso mais quando envolve pesquisas a longo prazo é assim que fazemos.
Vamos lá ver se consigo explicar melhor a idéia,
Grande tomei como base de criação do PJ a ficha da Filha de Odin no livro Ragnarock, qual o maior pró de não ter lhe pedido para jogar com ela (que seria uma bom desafio para mim), lenda ela começa o jogo com lenda 3 e eu gostei de sua idéia de evolução e começar com lenda 2. Bass como ela são ricos e mimados, cheios de problemas familiares e com uma vontade de matar sem nexo. Não sei se vc já viu um filme com Mel Gibson que ele é um empresário rico que tem o robe de cometer assassinatos, parte da historia Tb foi baseada neste filme.
Me baseando no 1º livro o Hero, só tenho dois panteões onde posso fazer tal personagem o Nórdico e o Grego. O porquê de escolher o Grego é um panteão polivalente que foi absorvido por varias culturas inclusive a Romana. Qual a idéia de ser descendente do lado romano destes deuses:
- Roma era altamente militarizada e conquistadora o que trouxe aos deuses gregos um militarismo sem igual, vc se pergunta como assim? O jogo não oficializou o panteão romano, pois é o panteão grego com outros deuses menores. Qual a diferença entre os deuses quando eles afloram seu lado romano? A sua necessidade de lutar, o lado romano dos deuses gregos os torna mais combativos mais agressivos, exemplo, os nomes romanos deles se arremetem a patentes militares.
Ao descender deste lado militar dos deuses Gregos poderia ser filho de Mercúrio e me tornar o deus dos assassinos sim. Não estou a me referi a 2ª guerra não. Refiro-me aos dois lados da moeda do panteão. Estou a pensar historicamente falando com a evolução da historia desde a criação do panteão pela civilização grega, até hj a cultura grega influencia o mundo.
Quanto ao colete é uma jaqueta de couro tipo a que Tom Cruz usa no filme Top Gan: Ases indomáveis, só que com blindagem interna.
Quanto a pistola, imagine a seguinte situação: Recebo a missão de matar um magnata do ramo energético que esta cercado por seguranças, Psychopomp na pistola a torna ria meu GPS pratico pois o ponto 2 daria a localização do cara e o 3 me fará passar pelas paredes e chegar no alvo.
Espero ter explicado melhor a idéia de pj.

Pele-de-Escama disse...

Tibúrcio, embora você tenha optado por teu personagem iniciar com Lenda permanente 2, isso não significa que você já não possa descrevr o Poder Único que ele terá quando ascender a Lenda 3. Se quiseres podes listar algumas sugestões e eu te direi quais delas poderás escolher.

Uma coisa curiosa é que se você decidisse jogar com a Scion de Odin teríamos pela primeira vez um grupo predominantemente feminino. Fernada, Diogo, você e (talvez) Hugo jogariam como mulheres.

Sei que tu és um pesquisador contumaz (e isso é excelente) mas isso acaba te deixando com um leque de opções, de conhecimentos, tão grande que parece ser difícil para você ver ou fazer as coisas de maneira mais simples.

Mantenha simples.

1. Baseie-se nas informações de Scion: Hero para escolher o panteão.

2. Psychopomp tem esse potencial mesmo, amigo, este é um dos melhores usos para o Purview. Só confirmando, já permiti o seu pedido. Só não acho que uma pistola se encaixa bem como portadora deste Purview.

3. Lembro também que nada impede que você possua os Purviews War e Sky. Teu Parente Divino (se fosse Hermes) apenas não te daria como Birthright. Precisarias conquistar uma Relic em jogo para canalizá-las.

Meu Nome É Tonho disse...

Antes de mais nada, quero dizer que não li os comentários acima (a bebê não deixou tempo).

Porém, todavia, contudo e entretanto, acho que Chuck Bass ficaria melhor como Scion de:
-> Dionísio (deus Grego do vinho e do sexo)
-> Loki
-> Kalfu (o equivalente à Loki no Loa)
-> Susano-O (no panteão japonês ele é deus dos oceanos e também das brincadeiras)

Desses daí, só Susano-O tem Psychopomp...

Pele-de-Escama disse...

Quando li tua frase inicial, Lucas, tive certeza que escrevesse as palavras com cara de abestalhado, de tão feliz pelo trabalho que ela tá te dando. XD

O Chuck Bass de Tibúrcio só tem os nomes dos protagonistas e coadjuvantes da série, não a mesma personalidade. Por isso, tuas sugestões dificilmente se aplicariam. Mas valeu, foram boas ideas para o Chuck Bass de Gossip Girls.

vei tiba disse...

Gostei da ideia lucas vou averiguar e fazer as mudanças e postar
abraços

Meu Nome É Tonho disse...

Vendo o a tatuagem como relíquia, lembrei de uma regra interessante do Ragnarok (página 47): Mutilação como relíquia.

Odin perdeu um olho pra ter acesso à Prophecy, Tyr perdeu a mão pra ter acesso à Guardian, etc.

Eles são deuses e poderiam recuperar suas parte faltantes, mas se o fizerem perdem o acesso aos Purviews e precisariam reaprender com relíquias comuns.

A Crueldade: Faz Chuck Bass ter perdido o pênis pra ganhar Psychopomp.

Pele-de-Escama disse...

Ah, mas eu não apenas conhecia essa opção de Reliquia, como havia desenvolvido uma aventura com essa possibilidade. Eu só não poderia permitir que começassem com ela, pois acho que é o tipo de coisa que é muito mais emocionante de ser conquistado em jogo.

Minha opinião.

Pele-de-Escama disse...

Ah, e se Chuck quiser adquirir a relíquia através da mutilação peniana, já não será problema meu.

Pele-de-Escama disse...

Tibúrcio, quando você rever e decidir todas as características você informa para eu dar uma última olhada. Valeu.

vei tiba disse...

Não só mutilação Lucas,no panteão nordico tb tem os sacrificios que é muito interessante que ajuda a adquirir lenda. Quando Odin retirou seu olho para adquirir conhecimento(profecia e misterio de acordo com o Eda) ele tb ganhou uma quantidade significativa de lenda.

vei tiba disse...

Angelo posso jogar com a ficha da filha de Odin como esta no ragnarock? se sim as auterações serão para deicha-lá com lenda 2 mais os purwills serão os mesmos da evolução dela, blz?

Pele-de-Escama disse...

Acabo de avaliar a ficha da Scion de Odin e a resposta é sim, Tibúrcio, podes usar a personagem. Aguardo as alterações relacionadas a redução da Lenda permanente para 2.

Pele-de-Escama disse...

O acesso a War por Odin não acontece apenas em Scion: Ragnarök. Desde o Scion: Hero ele faz isso.

Pele-de-Escama disse...

Devo considerar que Chuck Bass não faz mais parte do Bando?

vei tiba disse...

OK escamoso então vou usa-la
;)

Pele-de-Escama disse...

Peço que quando for possível pra você, cries uma postagem transcrevendo a ficha com as alterações para Lenda 2. Lembro que o início de minha narração depende das fichas de todos do grupo estarem postadas aqui no blog. Fernanda e Hugo acreditam que conseguirão fazer isso durante esta semana. Talvez no próximo sábado já possamos iniciá-la.

vei tiba disse...

Angelo vou fazer as alterações em Bass agora e vc diz se pode ou não.
att...

Pele-de-Escama disse...

Estou confuso. Jogarás com ele caso eu aceite as alterações?

vei tiba disse...

Sim pois as alterações em Vali são muitas e não sei se conseguiria faze-las agora dá uma olhada em Bass se tiver tudo OK, jogo com ele sabado. lol

Pele-de-Escama disse...

Certo. Vamos recomeçar desde o início.

1. Percepção e Inteligência não podem ter valores épicos;

2. Os gastos dos pontos de bônus em Abilities estão errados;

3. Você ainda não explicou como seria o "acrescenta Lenda ao dano" da pistola. Estou com a impressão que a Relic ficou com mais 5 dots, por isso a pergunta;

4. Informe qual a magia que ele ganhará por possuir Magic 1.

vei tiba disse...

Com relação aos atributos corrigi, as habilidades eu contei são trinta com 6 no que o seu parente divino dá.
Quanto a pistola
1 em adicionar a percepção na acc
-2 no spd
1 em adicionar lenda ao dano, gasto de lena equivalente ao valoe de lenda permanente.
1 psycopomp
ou seja cinco ptos, se não estiver enganado.

Pele-de-Escama disse...

1. Faltou gastar 1 ponto dos 10 ofertados para comprar Epic Attributes e Boons. Sendo assim poderias comprar Epic Intelligence sem gastar pontos de bonus;

2. Em Abilities você gastou 27 dos 30 pontos ofertados e, de acordo com tuas informações, gastou 14 pontos de bônus em Abilities (alguns desses pontos poderiam ter sido economizados). Confirme:

Academics 5 = 3/30 + 4 bonus points
Athletics 3 = 6 bonus points (segundo você)
Awareness 3 = 2/30 + 2 bonus points (segundo você)
Brawl 1 = 1/30
Command 1 = 1/30
Control 1 = 1/30
Fortitude 1 = 1/30
Integrity 1 = 1/30
Investigation 3 = 3/30
Larceny 1 = 1/30
Marksmanship 4 = 3/30 + 2 bonus points
Medicine 1 = 1/30
Melee 2 = 2/30
Politics 2 = 2/30
Presence 1 = 1/30
Stealth 3 = 3/30
Survival 1 = 1/30

3. Você usou 6 pontos em Virtues

4. O correto seria: Andar 5, Correr 11, Jump 12/24

5. Os cálculos que fez para a pistola estão corretos. Contudo, não há gasto de pontos de lenda por acrescentar a Lenda ao dano. Lembro desde já que para possuir esta Relic você terá que gastar 4 pontos de bônus.

Agora por favor altere aquilo que apontei para que eu possa contabilzar corretamente os pontos de bônus.

Pele-de-Escama disse...

Tibúrcio, você não informou se a ficha está concluída para análise por isso me desculpe se me adianto nisso pra poder te alertar em tempo.

Você precisa realizar ajustes nos gastos dos 30 pontos de Abilities e pontos de bônus. Observe:

Para ter armas de fogo 4, você deveria gastar 2 pontos de bônus;

Você poderia adquirir Furtividade ou Sobrevivência sem gastar pontos de bônus.

Se consegui identificar bem os pontos que precisam de alteração, você gastou 14 bonus points. Quando fizeres as alterações conferirei novamente esses gastos.

O Join Battle é 5.

Até mais.

vei tiba disse...

Angelo fiz as ultimas correções, acho qeu agora a ficha esta OK.

Pele-de-Escama disse...

Tibúrcio, quase perfeito: a Relic "anel com uma pedra branca" não pode ressuscitar os Seguidores porque para isso eles teriam que estar ligados ao item. Veja o que fará em relação a isso.

Gostaria também de confirmar se o valor de defesa que você colocou nas armas de fogo é o dodge DV.

Peço que liste a ordem de preferência dos Birthrights e, se já tiver algo em mente, qual o Poder Único que ele adquirirá quando tiver Lenda 3.

Até breve.

Saber disse...

bem angelo tem problema se houver 2 filhos de odin?

Follow the New World Order

Follow the New World Order
Follow the New World Order