quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A revolução musical do MegaBox


Na quinta passada, a internet viu um evento incrível: o FBI derrubou o MegaUpload, e gerou uma cyber-guerra. De acordo com o Birô de Investigação Federal dos EUA, sete membros do site estavam envolvidos não só com alta pirataria, mas também com lavagem de dinheiro. Na época, tudo parecia realmente ter tudo a ver com pirataria. Mas de acordo com o criador do site, o motivo é bem diferente.



Desde sempre, usuários colocam episódios de seriados, filmes e músicas no site para compartilhar com os outros, o que enquadra em compartilhamento ilegal. O uso legítimo existe, é claro. Mas a atenção sempre vai para o pior. Mesmo assim, a retirada do MegaUpload do ar teria sido por uma verdadeira revolução na forma da venda e distribuição de músicas online.
…flashback…
Ao mesmo tempo em que a Universal Music Group exigiu a retirada do site do ar, por causa de um vídeo onde vários artistas apoiavam e diziam que usavam o serviço (isso ainda em dezembro, antes da explosão do SOPA e afins), o MegaUpload estava prestes a lançar oMegaBox.
O que é “MegaBox”? Era uma iniciativa de permitir que os músicos e artistas musicais vendessem suas obras diretamente para o consumidor. 90% do valor de venda iria diretamente para os artistas. Alguns dos parceiros confirmados incluíam o Gracenote e a Amazon.
E ele iria mais além: o serviço planejaria pagar os artistas pelas músicas, mas disponibilizar várias delas gratuitamente para os usuários. O fundador do MU Kim “Dotcom” Schmitz disse aoTorrentFreak o seguinte, em dezembro:
“O Universal Music Group sabe que nós vamos competir com eles através de nossa nova empreitada chamadaMegabox.com, que em breve vai permitir aos artistas a venda direta aos consumidores, enquanto mantém 90% do lucro.”
“Nós temos uma solução chamada a Megakey(Megachave), que irá permitir aos artistas a receber lucro de usuários que baixarão músicas de graça. É isso mesmo, vamos pagar os artistas até mesmo por downloads gratuitos. O modelo de negócio da Megakey foi testada com mais de um milhão de usuários, e funciona!”
E agora? Será que a retirada do MegaUpload pelo FBI (que agora está retirando e ameaçando outros sites de compartilhamento) foi mandada por um gigantesco lobby das gravadoras? Será estamos perdendo a chance de ver algo que revolucione ainda mais o sistema de distribuição de músicas no mundo?

Stephan Martins
Stephan Martins está AINDA MAIS revoltado!
.
Tags: 
Publicado em Internet |

2 comentários:

Anão Picareta disse...

Foi atras da noticia quie postei no face né?!?!

KKKK ;)

Meu Nome É Tonho disse...

Eu postei várias notícias sobre isso no Face hoje na hora do almoço, nem vi que tu tinha postado tb.

Follow the New World Order

Follow the New World Order
Follow the New World Order