terça-feira, 30 de junho de 2009

Pois é ainda estamos nas cenas dos ultimos capitulos...

Buenas meus amigos!


Lembro que o arco de Scion ainda não terminou, então fica a lembrança que teremos mais uma sessão que porvavelmente será apenas de combate. Este post tem 2 motivos primários:

1º explicar pontos do mestre em relação a jogabilidade;
2º mais algumas explanações de regras que li;

Vamos começar.

Primeiramente não quero ser um cara chato, mas já tou de saco cheio de questionamentos quanto a movimentações temporais, ações dos npcs e demais acontecimentos durante a sessão. Isso além de levantar duvidas sobre a honestidade do mestre em jogo, quebra a dinâmica e o clima durante a sessão.
Quero lembrar a voces que eu NA GRANDE MAIORIA DAS VEZES "roubei" no jogo em favorecimento de voces jogadores, puxando "brasa" para o lado de vcs. Muitas regras eu simplesmente ignorei para facilitar para voces, então em favor do equilibrio TAMBÉM dequilibrarei a balança para o lado dos NPCs quando achar importante.
Ponto.
Dessa forma eu vou deixar uma coisa bem clara: em momento algum fui mestre apelão em relação a dificultar para o grupo, tudo está no livro e dentro dos padrões do Hero, mas a partir de agora a cada questionamento irei simplesmente apelar e pronto. Se reclamar mais, aumento o nivel da apelação e pronto. Sei que isso é chato, mas estou achando que vai ser a única forma de manter o controle da mesa para que a sessão não seja constantemente interrompida.
E lembro mais uma vez que em 90% dos casos eu ou ajudo diretamente ou dou chance para os jogadores. Desculpem se fui meio ditador mas tá mais para desabafo (PS: voces NUNCA me viram apelando, não queiram...).
Uma coisa interessante para esclarecer: muitas coisa que faço não é para sacanear voces, é simplesmente para deixar "plástico", bonito, heroico, lendário... Se eu ver que um jogador teve uma ideia genial não prejudicarei ela por causa de regra isso é fato, só que eu faço isso por debaixo dos panos.
Exemplos rápidos:

A ação de Hugo na arvore, se tinham 5 com armas de fogo e viram que ele não estava esquivando, por que simplemente os 5 não atiraram nele? Porque só dois? Não haveria razão para eles escolherem outro alvo. Dedo do mestre a favor de voces.

A ação de angelo controlando o PC de tiba, era p/ usar trown (arremesso) e não athletics, não importa como estáva arremessando, estava ARREMESSANDO!!! Mais uma favoravél a voces.

O povo que desceu do carro forte e resolveram atacar Lucas, eles foram designados para atacar renato (que era - alias ainda é) o mais forte no local, porem ele já estava com muito dano e não iria suportar mais um ataque massivo.

Os mais 20 a 30 punk a 200m que por algum motivo obscuro resolveram não vir até vcs, já que em vez de esperarem o comboio sair do central park atacaram proximo da base...

Entre outras coisas anteriores.

Outra coisa: eu só disponibilizo as informaçõs que os PCs conseguem em jogo, então não dou informações extras fora disso. Não tenho que justificar nada, voces não sabem quais oponentes estão enfrentando se são craturas miticas ou não e mesmo que sejam EU ALTERO OS TEMPLATES!!!! Por regra um humano com lenda não pode gasta lenda, MAS NO MEU CENÁRIO PODEM!

Então peço encarecidamente: se não sabem o que estou bolando não interfiram, posso garantir que é para melhorar o jogo e deixa-lo mais emocionante e divertido.

====****=====

Sengundo:

Revendo algumas regras vou mante-las por esse arco de aventura, mas quando passarem a demigod seram cobradas. Ainda falta rever muita coisa mas algumas que revi vou listar aqui:

Boons: para os All-Purpose adquirir 3 dots NÃO DÁ DIREITO aos anteriores. Isso só acontece com os especificos. Então para ter o 1º, 2º e 3º nivel é necessário gastar 6 dots durante a criação.

Reliquias: cada dot em reliquias permite que possa ser canalizado um Purview pela reliquia (all purpose e especiais). Veja bem o que isso quer dizer: Se voce tem 1 dot em reliquia e tem Death 1 voce com esse unico ponto em reliquia pode canalizar death em qualquer nivel, mas APENAS Death! Se voce quiser tem um Boon de Sun por exemplo é necessário acrescentar mais um nivel em reliquia.

Dano de queda: Metade da altura da queda em dano AUTOMATICO (contusão). É possivel fazer um teste de DEX+ATHL e o numero de sucesso reduzir o dano.

Tinha mais coisa mas não lembro agora. Então edito depois.

Lembro que chegar ao box Incapacidado com dano de Bashing voce não está morrendo, está apenas nocauteado e EU PERMITO que com um teste de STM+FORT possa continuar de pé um numero de ações igual ao numero de sucessos.

Buenas gente vou lá que tenho que trablhar, hj tá phod&%

PS: angelo cogitou de eu colcar um personagem meu no grupo já que eu tou na secura p/ jogar (especialmente Scion)... o que acham? Só farei isso se a maioria aprovar.

18 comentários:

Pele-de-Escama disse...

Saudações cordiais, camaradas.

Foi um post grande, com muitas considerações. Tentarei responder da forma mais clara que puder.

1. Reforço que vou procurar melhorar minha interpretação conforme tuas orientações na conversa que tivemos no retorno para casa.

2. Crie um personagem não para complementar alguma deficiência do grupo, mas um que você realmente gostaria de jogar se o narrador fosse outro.

3. Tens razão quanto ao excesso de questionamentos sobre as ações/ temporizações dos NPC. Quebram o clima e desautorizam/ minimizam o poder investido ao narrador. Em contrapartida, o problema está na dificuldade de visualização dos jogadores. Nós, jogadores, descrevemos por completo as ações dos personagens, ou seja, deixamos predeterminada uma sequência que terá êxito apenas se obtivermos sucesso em cada parte da ação. Em algumas das ações dos NPC, não fica claro que eles estão seguindo uma sequência predeterminada, e sim que reagiram a um revés.

4. Tua opção para múltiplas ações (acertada, para não perder o ritmo e deixar as coisas mais heroicas, lendárias) é apenas de penalizar na quantidade de dados. Mas algumas ações eu acho que não teriam condições de serem resolvidas em uma rodada de aproximadamente 3 segundos. Por isso eu questionei se algumas das ações que descrevi para Zero poderiam ser feitas, porque eu mesmo acho que precisariam de mais tempo.

5. É preciso que coloquemos na cabeça a frase que Zero disse durante a sessão: "Tem cada poder diferente nesse mundo, sempre nos surpreendemos". Tu não tens que justificar quase nada pra gente. "NPC não precisam seguir as regras", principalmente num cenário com tantos poderes/ habilidades extraordinários. Mantenha-se firme, sem perder a calma. Em nenhum momento eu, Angelo, percebi apelação de tua parte. Desde o início da cena que cuminou em combate sabíamos que a quantidade de inimigos era enorme. A informação foi repassada por Zero a Paul, que ficou encarregado de informar aos outros. Se atacamos foi por impaciência ou senso de oportunidade (Ikazuchi foi bem sucedido no que se propôs, o problema foi ele estar sozinho e em cima de uma árvore).

6. Não concordo que a ação de arremessar feita por Bouer devesse usar a Ability Thrown. A intenção era removê-lo do chão para concluir o ataque "combo" de forma a ficar uma visualização legal da cena. Ele não estava mirando um alvo ou um local específico, era apenas uma projeção. Reli a Ability Thrown e estou certo que a melhor escolha seria por Athletics. Mas evitarei questionamentos.

Sempre consigo encarar as críticas como construtivas, exceto quando fica claro que é algo pessoal. Por isso que sempre estimulo o debate, para que as coisas fiquem bem esclarecidas. Querendo continuar o debate pode contar comigo, Diogo, mas aviso que devo ficar sem acesso a internet durante toda esta quarta-feira, 1º de julho.

En Taro Adun!

P.S: 1º de julho é aniversário de Siddartha! Parabéns meu chapa, tudo de bom!

Pele-de-Escama disse...

Outra coisa que temos que colocar na cabeça é que temos que arcar com nossos erros. Como eu comentei no final da sessão contigo e Lucas, eu consegui deduzir que havíamos caído numa cilada. Ora, aos sobreviventes, que não esqueçam desse dia! Aos outros integrantes do grupo, desde já informo que remover Sawyer da área perigosa é responsabilidade minha.

Nosso objetivo primário era conseguir capturar ao menos um policial para interrogatório. Este objetivo será (provavelmente) alcançado por mim logo no início da sessão, uma vez que esta foi a última coisa que declarei antes do final da sessão.

Anão Picareta disse...

Em relação a ser algo pessoal não se preocupe, não é! ;) TODOS interropem asessão para discutir alguma coisa e quebram o ritmo da mesma, prejudicando o grupo como um todo (na minha opinião). Por sinal para ser justo, acho que os únicos que não interroperam sessão até hj foram hugo e renato (perdoem-me se errei só citei o que minha memoria sem potassio me informa). Relerei trown e athletics mas acredito que se está arremesando algo, não importado como, deveria ser trown, mas lerei a pericia e determino o efeito, como disse meu objetivo é a diversão sem prejudicar ninguem.

Por sinal espero que ninguem se ofenda com o post, ele foi visando algo construtivo para o grupo.

PS: angelo, sim eu pretendo fazer um Scion que eu jogaria, que eu goste do perfil e estilo de jogo!

Meu Nome É Tonho disse...

Sobre a aventura, tá ficando interessante agora... Embora eu tenha certeza que o grupo não tem chance contra o tal Creed. Minha próxima ação vai ser eliminar o Creed Júnior (o nome era Rob?), pegar o policial desmaiado e correr como o diabo.

Sobre regras, achei estranho usar tanto Throw quanto Athletics pra o arremesso feito por Bauer. Arremessar é, de fato e de direito, um golpe de Judô ou Luta Romana, perícias incluídas em Brawl. De qualquer forma, pra fluir o jogo eu não criticaria o mestre.

Sobre interpretação, tá complicado. Eu dei vários vacilos, e os outros PCs complicaram ainda mais a situação (como um certo PC que ativou a minha virtude Vingança).

E, finalizando, sobre NPCs, administração de tempo tá fodinha.

Hugo Leonardo disse...

Tudo isso é culpa de Lucas, que resolveu deixar todo mundo ciente de que estávamos grampeando a frequência 25Hz

Pele-de-Escama disse...

Ah, não esquenta não, meu chapa, em nenhum momento cogitei ser crítica pessoal, tá tudo tranquilo quanto a isso!

Pô, Lucas, nem me passou pela cabeça que essa projeção poderia estar inclusa em Brawl, mas procede tua dica. Quanto a eliminar o Robbie, é uma boa ideia, como você mesmo disse no final da sessão, será menos um "fodão" pra nos atrapalhar depois. Do policial tu deixa que eu cuido (se tudo correr bem), apesar de que um apoio depois seria legal, porque vou deixá-lo nas proximidades para voltar e resgatar Sawyer.

De fato, Hugo e Renato não tem interrompido as sessões.

Pele-de-Escama disse...

Hehe, este detalhe não tinha me passado pela cabeça... foi bem esperto Diogo usar isso como justificativa para a cilada.

Pele-de-Escama disse...

Perdoem-me os que forem prejudicados, mas Diogo, voltando ao post original, em relação aos Boons tu vai manter os erros nas fichas até Demigod ou consertará no final deste arco?

Meu Nome É Tonho disse...

Vocês são Scions ou um bando de moças?

É claro que eu anunciei que nós estávamos atrás dele, é a coisa honrada a fazer!

PS.: Diogo, conserta as fichas desse povo ao finalizar esse arco. Senão eu quero +2 no dano do Kontos.

Pele-de-Escama disse...

AHAHAHAHAHAH!!!!!! Essa foi muito boa, Lucas!!!! A coisa honrada a fazer!!!! Tá certo. Sério mesmo, na hora não vi problema nenhum nisso, achei até que seria uma ótima provocação. Meu problema é ser veterano de AD&D: ainda pensava estar lidando com gigantes com inteligência de asno!!!

Hugo Leonardo disse...

eu já fiz o q podia, mandei 2 flechas no Robbie e consegui arrancar 3 quadradinhos do cara e ele agora tem penalidade de -2 no que fizer, agora vocês se viram

Anão Picareta disse...

kkkkk agradeço o elogio pela esperteza :D Quando lucas deu a brecha eu pensei logo na chance que teria, como disse eu to sempre ligado no que voces fazem e falam na sessão ;)

Sobre o conserto nas fichas eu pensei em esperar entrar para demigod para ajeitar, mas fica a critério da maioria: Ao final do arco ou quando virar demigod.

Hugo, infelizmente 3 caixas é -1 ainda :P!

Robert disse...

Bom gente foi mal perder esta grande seção que foi domingo. Porém não nem como entrar no msn como sugeri pois fui para no hospital no domingo e na segunda e me fudi nas duas provas que tive mais uma vez reprovei fisica 3 - vamos rumo ao quarto ano pagando esta merda.Mudando de assunto perdi muita coisa, uma delas é agora não tenho mais direito a duvidas no jogo, foi mal diogo não pergunto mais nada. Quanto a mudança na ficha é melhor no fim deste arco.
abraços
att domingo

Pele-de-Escama disse...

Saudações cordiais, camaradas.

Putz, Tibúrcio, levanta esse astral, cara! Compreendo a tristeza e frustração de dedicar-se a um projeto e por um imprevisto as coisas não darem certo, mas lembre-se que tudo tem seu tempo. Não é preciso que ninguém te diga o quanto és esforçado, todos nós percebemos. Tua glória certamente será maior que o esperado na próxima oportunidade. A nebulização em casa não foi suficiente para aliviar o desconforto respiratório? Espero vê-lo melhor no domingo.

Também voto pela correção das fichas no final deste arco. Ainda mais considerando que até reunirmos pontos de experiência suficientes para compra Legend 5 demoraremos muito. Minha sugestão é que ao menos aguardemos Jack Bouer evoluir para Legend 4. Daí então debateremos sobre o melhor momento para acumularmos 32 XP para gastá-los.

Ah, e não se preocupe, Diogo não está negando nosso direito a dúvidas, ainda mais num sistema que estamos aprendendo. Ele apenas solicita que diminuemos discussões em momentos de maior carga dramática. Caso a decisão dele para certa decisão se descubra falha posteriormente, ele aprenderá com o erro e evitará que ele volte a ocorrer.

Pretendo criar um post com alguns aspectos que pensei acerca da evolução de Zero. Percebi que a alteração que executei quanto a minha interpretação não foi notada ou tomada como exemplo a ser seguido. Eu estou muito entusiasmado com este personagem e tenho dedicado alguns bons momentos do dia pensando em seu futuro. Gostaria que ele se tornasse memorável a todos do grupo.

En Taro Adun!

Pele-de-Escama disse...

Estou com a impressão de ter esquecido minha caneta azul de corpo metalizado lá no Paço domingo passado. Se algum de vocês guardou, favor lembrar de levar no próximo domingo. Valeu.

Meu Nome É Tonho disse...

Fica a sugestão: Sequestrar os dados de Diogo até ele dar 32 de XP por personagem.

Hugo Leonardo disse...

Diogo, ele tem -2 só pelo trovão da minha flecha, os das caixas eu nem contei =P

Pele-de-Escama disse...

Saudações cordiais, camaradas.

Ainda que tenha feito isso uma única vez quando mestrava, sempre tive grande interesse em manter ativos os personagens que sobrevivessem a uma aventura desastrosa. Evitei fazer isso porque geralmente o resto do grupo tende a se sentir inferior quando há um ou dois personagens de 5º, 6º níveis num grupo de novatos. Sobretudo, minha vontade seria a de não penalizar um jogador que criou um bom vínculo com um personagem sobrevivente fazendo-o desistir dele para acompanhar os recém-criados personagens sem causar desequilíbrios. A não ser que seja por opção do próprio jogador, naturalmente.

No AD&D isso nem é tão severo, pois os oponentes e dificuldades superados recompensam com um valor fixo de XP, diferente da 3ª edição, que prejudica muito a distribuição de XP se forem usadas as regras padrão. Aprecio o sistema Storyteller por simplificar a participação de personagens com diferentes níveis de poder sem que ocorra grande ofuscação. Nem sempre um personagem experiente se destaca mais que um novato em certas habilidades.

Se algum dia eu mestrar para vocês espero que seja divertido e que vocês criem um bom vínculo por seus personagens, pois eu acredito que não há satisfação maior para um jogador do que evoluir um personagem querido o máximo que for possível dentro do jogo, sem que suas características sejam incrementadas apenas "de boca", ou seja, um item, um título, um nova habilidade apareçam na ficha sem que o personagem de fato tenha participado da cena que explique a aquisição.

O que disse acima em nada tem a ver com o post. É apenas um ponto de vista que queria compartilhar.

Desde já confirmo minha presença para a sessão do próximo domingo. Chegarei por volta das 12h30. Se for possível gostaria de pedir um esforço para começarmos antes das 13h. Não sei qual o ponto que Diogo considera como final para este arco de aventuras, mas seria ótimo concluí-lo neste domingo.

En Taro Adun!

Follow the New World Order

Follow the New World Order
Follow the New World Order