segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Acerca da 5ª sessão de Scion, realizada em 23.10.11

Saudações cordiais, camaradas.

Lucas,

Peço que me perdõe, mas como Narrador eu preciso ser imparcial para que injustiças não ocorram por simples omissão. Não quero que existam precedentes que futuramente me façam ouvir frases como "ah, ele é protegido do Mestre" ou "Se fosse eu que fizesse isso tu não teria me dado essa chance".

Todos perceberam que perdi alguns minutos pensando no que poderia fazer após a catastrófica Intervenção de Tique. Dois motivos para justificar minha preocupação:
1º) A provação pela qual estão passando precisava ser executada por um Loa. Isso de modo algum significa que o Loa tinha que sobreviver, ele apenas precisava chegar até certo ponto da história que seria inacessível para qualquer outro que não fosse do Panteão Loa;
2º) Morrer naquela situação seria ridículo (além de irreversível, haja vista ter saído um resultado catastrófico). Ridículo simplesmente porque pouco antes da entidade arrancar o coração de Randolph eu havia informado que aquele seria o momento dramático de demonstrar o Poder Único dele. Inclusive, tão logo a entidade disse "agora morra", eu te disse "agora escolha um tempo entre 1 e 9 minutos". O que se seguiu foi uma grande confusão, uma grande incompreensão do que estava acontecendo. Uma morte absolutamente besta.

Naquela ocasião, eu decidi ignorar o acontecido porque não haveria como minimizar os prejuízos para o resto do grupo. Mas o evento ocorreu, eu só não quis perder mais tempo tentando achar uma solução para o término abrupto da campanha. No momento eu havia determinado que a consequência seria Randolph perder um nível de Lenda Permanente, mas você não aceitou. Mais uma vez eu não quis perder tempo pensando numa solução e deixei passar como se nada tivesse acontecido.

Mas é óbvio que eu não poderia deixar isso impune. Chegando em casa, passei a pensar sobre o que fazer para punir o personagem sem que ele precisasse ser destruído. Conversei com minha esposa, explicando-lhe que se eu desejo ter e merecer o respeito do grupo como Narrador, eu preciso ser imparcial e justo. Não poderia abrir precedentes. Ela entendeu meu ponto de vista, pois sabe que também ajo assim na "vida real".

Assim, informo que decidi que a catastrófica Divina Intervenção de Tique terá como consequência, numa alternativa à destruição de Randolph Carter Jr., a não reivindicação dos Birthrigths que ele receberia ao término da provação. Ou seja, mesmo que consiga obter êxito na provação Loa, ele não reivindicará o "Sobretudo Negro", o "Medidor EMF portátil de três eixos", e seus "Seguidores".

Diogo,

Salma tombou em combate, tendo o crânio perfurado pelos chifres do Taureau-Trois-Graines. Randolph tentou salvá-la mas não houve tempo hábil de impedir que os "Dying health levels" dela fossem marcados. Ela recebeu um enterro digno, seguindo as tradições astecas.

Experience points relativos à 5º sessão (23.10.11):

Lucas = 4 XP
Comparecimento: +3
Interpretação: +1

Renato = 5 XP
Comparecimento: +4
Interpretação: +1

Tibúrcio = 5 XP
Comparecimento: +4
Interpretação: +1

Hugo = 4 XP
Comparecimento: +4

Quem desejar, por favor faça suas considerações sobre a sessão.

En Taro Adun!

5 comentários:

vei tiba disse...

Ângelo meu email chegou? Me avise se não pois o enviei ontem a noite. Cara seria possível mudar de pj?
Aguardo a resposta ;p

Pele-de-Escama disse...

Até o momento não recebi nenhum e-mail teu, Tibúrcio. Quanto a criar um novo personagem, algum motivo em especial? Você não gostou do que criou e interpretou na última sessão?

Meu Nome É Tonho disse...

Pele-de-Escama, eu acho que você podia ter resolvido de uma forma muito mais simples: Dado que era meu despertar ou visitação, Tique simplesmente não iria interferir (ela é uma deusa, não ia interferir desse jeito nos assuntos de outro deus).

Teve um vacilo meu muito forte de cair na pilha do pessoal pra usar a Fateful Coin, mas não acho que foi um evento tão grave assim para a continuidade da história. Ninguém mencionou o acontecido depois (pelo menos não na minha frente). A história não saiu dos trilhos, não houve sidequest desnecessária, não foi necessário inserir ou retirar personagens ou artefatos, não houve atrito entre personagens ou jogadores, enfim, foi um evento de relevância zero para a história como um todo.

Se as relíquias forem retiradas, é melhor remover o personagem do grupo como um todo. Já está bem desnivelado, passo um perrengue extremo simplesmente para sobreviver as cenas de ação (e Scion é um jogo de ação por natureza). Sem poder usar essas relíquias o desnível vai se tornar bem acima do que eu esperava.

Essa é a minha opinião.

vei tiba disse...

Escamoso te mandei um email com as alterações de Rodrigo e a idéia de mudar o pj
Abraços

Pele-de-Escama disse...

O.k., Tibúrcio, já dei uma conferida. Assim que possível te dou um retorno sobre Rodrigo (se está tudo em ordem), se você quiser mantê-lo.

Quanto ao japonês eu adianto que ele poderá demorar um pouco para entrar na história, assim como qualquer outro personagem, de qualquer panteão, porque eu já forcei a barra ao limite para incluir Rodrigo no cenário. Pode-se dizer que ele literalmente brotou do chão. Qualquer novo personagem teria que aguardar vocês saírem da Ilha do Pacto e retornarem a civilização.

Follow the New World Order

Follow the New World Order
Follow the New World Order